Social Icons

Featured Posts

sábado, 19 de janeiro de 2019

Prefeitura de Gandu inicia limpeza do rio Gandu.



Resultado de imagem para Prefeitura de Gandu inicia limpeza do rio Gandu.
A prefeitura de Gandu iniciou nesta quinta (17), a limpeza do rio Gandu. O serviço começou a ser realizado no Bairro Renovação 1, atendendo a solicitação de moradores da região. 
Desde o início da gestão do prefeito Léo, a prefeitura realizou a limpeza total de toda a margem do rio, mas nesta época do ano, as baronesas se proliferam mais rápido, por conta das altas temperaturas. 
O serviço de limpeza será realizado em toda a extensão do rio Gandu e deve ser concluído nos próximos dias. 

ASCOM/Prefeitura de Gandu.



Atenção Ipiaú e região...





Gandu - Após fiscalização da Prefeitura, empresa realiza recuperação do asfalto no centro da cidade.





A empresa responsável pelo asfaltamento das principais ruas e avenidas do centro da cidade de Gandu começou nesta quinta (17), o serviço de recuperação de alguns pontos onde o asfalto apresentou rachaduras e/ou buracos. Na Avenida Nestor Lopes da Silva, conhecida como a Rua dos Correios, a empresa já está realizando os reparos.
De acordo com a Seinfra (Secretaria Municipal da Infraestrutura), responsável pela fiscalização da obra, nos locais em que o asfalto apresentou algum tipo de problema, a empresa estará realizando a manutenção e corrigindo as falhas.    

ASCOM/Prefeitura de Gandu.

 


Filho de Schumacher é anunciado como piloto da Ferrari



Resultado de imagem para Filho de Schumacher é anunciado como piloto da Ferrari

O piloto alemão Mick Schumacher, filho do heptacampeão de F1 Michael Schumacher, foi anunciado oficialmente neste sábado (19) pela Ferrari como novo membro da academia da equipe italiana para jovens.
O pai, Michael Schumacher, que é ex-piloto da escuderia, sofreu um grave acidente em dezembro de 2013, quando esquiava em uma pista em Méribel, no sul da França. O seu estado de saúde dele é mantido em sigilo pela família.

Com informações da Ansa.

Após quase sair, Diego Alves vira homem de confiança do Flamengo



Resultado de imagem para Após quase sair, Diego Alves vira homem de confiança do Flamengo

O velho clichê "o mundo dá voltas" pode muito bem ser aplicado ao goleiro Diego Alves no Flamengo. Após quase deixar o clube e viver um período onde esteve relegado, o experiente arqueiro mudou totalmente de quadro internamente e, além de contar com a confiança da nova diretoria, virou "homem de confiança" do técnico Abel Braga.
Presente ao evento de lançamento do Campeonato Carioca nesta sexta-feira (18), o treinador garantiu que ele será seu goleiro titular na temporada.
O arqueiro tem ganho o prestígio de Abel desde o primeiro contato que tiveram no Ninho do Urubu, quando o novo comandante o chamou para uma conversa em particular e lhe manifestou o desejo de que permanecesse. Na ocasião, Diego Alves estava propenso a aceitar uma proposta do Al-Ittihad, da Arábia Saudita. Extremamente sincero com o técnico sobre sua insatisfação no momento, obteve o respeito de Braga.
A cereja do bolo foram suas atuações na Flórida Cup (EUA), onde o Flamengo conquistou o título ao vencer o Ajax (HOL) nos pênaltis e bater o Eintracht Frankfurt (ALE) por 1 a 0. Nas duas partidas o goleiro "fechou o gol" e garantiu de vez sua titularidade para 2019.
Além das questões pessoais e técnicas, tem pesado a favor de Diego Alves com Abel Braga toda a bagagem que acumula após anos de experiência internacional. Como tem costumado dizer, o treinador quer uma mudança no comportamento mental do elenco e vê no goleiro uma personalidade de liderança junto com outros do mesmo perfil, como o meia Diego, por exemplo. No total, Diego Alves ficou quase dez anos atuando no futebol espanhol entre Almería e Valencia.
Embora Abel tenha confirmado que Diego Alves será seu goleiro titular neste início de temporada, a participação do arqueiro desde o início na partida contra o Bangu, neste domingo, no Maracanã, na estreia na Taça Guanabara, ainda não está confirmada. O treinador mesclará jogadores neste começo de competição e ainda não definiu os 11 que entrarão em campo. Garantiu apenas que o zagueiro Rodrigo Caio, primeiro reforço da temporada, iniciará jogando.
Com informações da Folhapress.

Morre Marcelo Yuka, fundador da banda O Rappa, aos 53 anos



Resultado de imagem para Morre Marcelo Yuka, fundador da banda O Rappa, aos 53 anos

O músico Marcelo Yuka, ex-baterista, ex-letrista e fundador do grupo carioca O Rappa, morreu na noite desta sexta-feira (18), às 23h40, aos 53 anos. Yuka estava internado há duas semanas no hospital Quinta D'Or, zona norte do Rio de Janeiro, para tratar infecções.
Na sexta-feira (4), contudo, o quadro do músico piorou, gerando boatos - posteriormente não confirmados - de que ele teria morrido. Segundo Geraldinho Magalhães, empresário do artista, o músico ainda estava vivo e foi colocado em coma induzido após ter sofrido um AVC. A causa da morte foi um episódio de AVC isquêmico. Marcelo Fontes do Nascimento Viana de Santa Ana nasceu no Rio de Janeiro, em 31 de dezembro de 1965. Ele foi o baterista e o compositor de sucessos como "Minha Alma (A Paz que Eu Não Quero)", do grupo O Rappa, que fundou em 1993 com o baixista Nelson Meirelles, o tecladista Marcello Lobatto e o guitarrista Alexandre Meneses. A eles se somaria o cantor Marcelo Falcão, integrado ao grupo após ver um anúncio da banda em um jornal e ser aprovado em testes. No ano seguinte, a banda lançou o álbum "O Rappa". 
A partir de 1996, Yuka alcançaria sucesso nacional com o segundo álbum da banda, "Rappa Mundi", de músicas como "Pescador de Ilusões" e a versão de "Vapor Barato", de Waly Salomão e Jards Macalé. As ótimas receptividades de público e crítica se repetiram no terceiro disco do grupo, "Lado B Lado A", de temas como "Me Deixa".
Àquela altura, a mescla de estilos como rock, reggae, rap e samba já faziam d'O Rappa uma das principais bandas do rock brasileiro. Seus integrantes passaram a ser compreendidos como porta-vozes de um discurso que reverberava as injustiças sociais cometidas cotidianamente nas periferias e a efervescência política do Rio de Janeiro do fim do século 20, como na música "Todo Camburão Tem um Pouco de Navio Negreiro".
Em 9 de novembro de 2000, Marcelo Yuka tornou-se vítima da violência no Rio, uma das mazelas da qual tornou-se cronista. Naquela noite, o músico ficou paraplégico após ser atingido por nove tiros ao tentar impedir que bandidos assaltassem o carro de uma mulher na frente do seu. Depois disso, ficou impossibilitado de tocar bateria e passou a enfrentar a depressão.
"Eu não sei muito bem o que aconteceu. Eu só sei que eu sou baterista, tomei tiros, tô paraplégico e minha vida acabou", rememorou o músico em entrevista para o documentário "Marcelo Yuka no Caminho das Setas" (2011), da diretora Daniela Broitman.
"A minha grande pergunta é: o que eu preciso para viver em paz?"
Na obra, ele afirma ainda: "Eu não conseguia ver O Rappa apenas como uma banda de música e cumprindo só o papel de uma banda pop."
Em 2001, o músico foi expulso d'O Rappa após brigar com os demais membros - a banda anunciaria seu término no ano passado, após uma turnê de despedida marcada por evidências de um racha entre os músicos, que já não se falavam nem em cima do palco.
Famosidades

Brasil já recebeu 1,1 milhão de imigrantes e 7 mil refugiados



Resultado de imagem para Brasil já recebeu 1,1 milhão de imigrantes e 7 mil refugiados

Ao entrar no Brasil, cada estrangeiro se apresenta às autoridades migratórias e informa o motivo da visita ao país. Se o motivo for turismo, o visitante recebe um visto válido por até dois meses. Se o objetivo for morar temporariamente no Brasil, é preciso preencher um cadastro pela internet para ter direito a permanecer no país por até dois anos. O visto é emitido em até cinco dias e pode ser renovado.
Para ser reconhecida como refugiada – como 7 mil residentes no Brasil –, a pessoa precisa provar que sofre algum tipo de perseguição, por motivos como opinião política, nacionalidade ou religião. “Do ponto de vista jurídico, ambas as alternativas conferem direitos e garantias aos imigrantes”, afirma o diretor do Departamento de Migrações do Ministério da Justiça, André Furquim. “O nosso desafio é fazer com que o imigrante conheça a distinção entre ambos os institutos e, encarando a situação que está vivenciando, opte por aquela alternativa que lhe melhor convier.”
Devido à onda migratória na Venezuela, os postos de triagem montados pela Operação Acolhida nas cidades de Pacaraima e Boa Vista, ambas em Roraima, orientam quem cruza a fronteira. Agentes da ONU Migração prestam atendimento aos imigrantes sobre quais documentos são necessários para solicitar vistos de turista ou de residente, enquanto representantes do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur) informam sobre as circunstâncias para requerer o status de refugiado.
Em visita às instalações da operação, em Roraima, a secretária nacional de Justiça, Maria Hilda Marsiaj, disse que “os pedidos de refúgio se acumulam porque precisam ser analisados minuciosamente e, muitas vezes, já não cumprem os requisitos”. Entre as exigências está a de que a pessoa só pode retornar ao país de origem com a permissão das autoridades brasileiras. Sem a autorização, ela perde o direito ao refúgio.
“O pedido de refúgio é mais complexo, porque é preciso comprovar a existência desse temor e relatar pessoalmente para um servidor do Ministério da Justiça, que vai procurar saber se existe mesmo a realidade que o solicitante conta no país de origem dele”, explica o coordenador-geral do Comitê Nacional para os Refugiados (Conare), Bernardo Lafeté. O Conare é vinculado ao Ministério da Justiça.
Agencia Brasil


terça-feira, 15 de janeiro de 2019

José Ronaldo nega irregularidades em processo de licitação e secretaria de saúde envia nota a imprensa



Imagem relacionada

“Em vista da divulgação na imprensa de denúncia feita pelo promotor Thiago Quadros, alegando irregularidades na contratação emergencial de empresa efetuada no ano de 2013, para prestação de serviços na área de saúde neste município, a Secretaria de Saúde de Feira de Santana faz os seguintes esclarecimentos:
Não há que se discutir a necessidade, à época, da contratação em regime emergencial, uma vez que se tratava da continuidade da prestação de serviços em área essencial à população, tais como Programa de Saúde da Família (PSF) e unidades básicas de saúde.
Ao assumir o Governo, em 1º de janeiro de 2013, o novo gestor encontrou o contrato de prestação de serviços na área de saúde completando o ciclo de 70 meses de vigência.
Respeitando orientação do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), que recomenda à administração pública não extrapolar os cinco anos de duração de um mesmo vínculo, o novo gestor municipal determinou abertura de processo licitatório, publicado no Diário Oficial da União em sua edição dos dias 2 e 3 de fevereiro daquele ano (portanto, apenas 30 dias após empossado), com o objetivo de contratar um novo prestador.
Não por acaso, por determinação do gestor municipal, aquela seria a primeira licitação da administração que se iniciava, dado a necessidade e o interesse público.
A nova administração, na verdade, determinou novos processos licitatórios para todos os contratos em vigor na Prefeitura, com o objetivo de reduzir valores praticados nas mais diversas prestações de serviços, o que se efetivou, representando economia de até 50% para os cofres públicos.
A licitação, na modalidade de concorrência, foi marcada para o dia 7 de março de 2013. Porém, em vista de pedidos de impugnação, acolhidos pela Comissão de Licitações, a sua conclusão acabou não acontecendo. Erros técnicos foram detectados e a licitação foi revogada.
Neste momento, a Secretaria de Saúde, diante da necessidade da revogação do processo, e ao mesmo tempo da manutenção dos serviços essenciais à comunidade, cumpriu a única alternativa razoável para o momento: a abertura de uma dispensa de licitação para contratação imediata e temporária. O Município, afinal, não poderia prescindir de profissionais enfermeiros, farmacêuticos, nutricionistas, técnicos em radiologia e tantos outros servidores sem os quais os serviços oferecidos seriam interrompidos.
A Secretaria Municipal de Saúde efetuou a regular tomada de preços, junto ao mercado, obtendo as seguintes propostas, de três empresas: R$ 9.880.60188; R$ 6.639.058,02 e R$ 6.379.495,62, esta última, menor preço apresentado, consagrada vencedora, cumprindo período de abril a outubro de 2013. Valor rigorosamente igual ao praticado em 2012, último ano do contrato, sem qualquer correção monetária.
Tão logo iniciou-se o período emergencial, a Secretaria de Saúde iniciou processo licitatório para contratação regular do serviço. Em cláusula, a administração determinou que o contrato de emergência seria interrompido automaticamente, mediante a conclusão da licitação e definida nova empresa prestadora.
Tal licitação foi realizada, mas revogada em seguida em razão do envolvimento da empresa selecionada em denúncias apuradas pelas autoridades federais e amplamente divulgadas no programa “Fantástico”, da Rede Globo. A Secretaria de Saúde, mais uma vez em proteção ao direito do acesso do cidadão aos serviços de saúde, prorrogou por dois meses o contrato emergencial com a prestadora anterior.
Antes mesmo de vencer os 60 dias, realizou novo processo licitatório, contratando duas empresas para a prestação dos serviços e assim encerrando definitivamente o contrato emergencial. No momento adequado, a Secretaria de Saúde apresentará toda a documentação necessária para comprovar a absoluta regularidade dos atos da administração e o interesse de salvaguardar o Município, em todo este processo”.


Gandu – SINSERG protocola requerimento solicitando reposição salarial 2019




Na manhã desta terça-feira (15), o vice-presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Gandu (SINSERG), Averaldo Santos (Jacaré), compareceu ao gabinete do prefeito municipal, para protocolar o oficio requerendo do governo municipal, a reposição salarial referente às percas salariais da categoria referente ao período 2018/2019.

Na oportunidade, o sindicalista foi muito bem recebido pela secretária de administração, Dra. Dayna Santana, que assinou o ofício, garantindo que até o final do deste mês, governo e representantes da classe estarão sentando para abrir as negociações.
Segundo o Índice de Preço ao Consumidor (INPC), medido pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), os servidores municipais terão o direito em negociar o percentual entre 5.00% ao teto e 2.87% ao piso, retroativo a janeiro de 2018.

Região - Eleição da AMURC terá apenas uma chapa



Resultado de imagem para Região - Eleição da AMURC terá apenas uma chapa
A eleição da Associação dos Municípios da Região Cacaueira – Amurc acontece no próximo dia 24 de janeiro, às 9 horas, na sede da entidade, com apenas uma chapa inscrita, encabeçada pelo prefeito de Firmino Alves, Aurelino Cunha.
O prazo para inscrição de chapa encerrou nesta segunda-feira, 14, 10 dias antes do pleito, de acordo com o estatuto. O mandato de presidente é de dois anos, correspondente ao biênio 2019/2020. O eleitorado é composto por prefeitos associados.

Fonte: Ipolitica